Brasil: Lula cita Jaques Wagner e Pimentel como alternativas para 2018

SALVADOR - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu nesta sexta-feira, 18, a possibilidade de ser impedido de disputar a eleição do ano que vem e listou possíveis substitutos. Em longa entrevista ao jornalista Mario Kertész, da Rádio Metrópole, de Salvador, o petista admitiu que “o golpe não fecha” sem a sua interdição eleitoral e citou o ex-governador da Bahia Jaques Wagner, os governadores petistas de Minas Gerais, Fernando Pimentel, da Bahia, Rui Costa, do Ceará, Camilo Santana, e do Piauí, Wellington Dias, como possíveis substitutos caso seja condenado em segunda instância e impedido de disputar o pleito de 2018.
Aos 71 anos de idade, foi condenado em 12 de julho a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro. Se a decisão do magistrado for mantida pela 2.ª instância, Lula poderá ser impedido de se candidatar com base da Lei da Ficha Limpa. 
O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), ficaram de fora da lista de Lula.
"A gente tem (Jaques) Wagner, que tem um pedigree político como ninguém tem nesse País. O cara que acabou com o carlismo (domínio da política local pelo grupo do ex-governador da Bahia Antônio Carlos Magalhães), se elegeu duas vezes. Tem Rui (Costa, atual governador, do PT) que está indo maravilhosamente bem. Ontem vi o carinho do povo com ele, um carinho assim de gente grande. Então, na hora que for necessário escolher, a gente escolhe", afirmou.
Em conversas com dirigentes petistas, Lula tem citado Wagner, Costa e Pimentel como possíveis substitutos. Para o ex-presidente Haddad, segundo relatos, seria o nome natural se tivesse ao menos chegado no segundo turno na eleição pela prefeitura de São Paulo.
"Você tem o (Fernando) Pimentel, em (governador de) Minas Gerais; Camilo (Santana, governador), no Ceará; nosso Índio (José Wellington), no Piauí , que é um gênio da política”, listou.
Embora tenha feito duras críticas à “elite brasileira”, Lula tentou adotar um tom conciliador. “Eles sabem que eu sou capaz de unificar o povo brasileiro e recuperar este País”, disse Lula.

BRASIL: Após barrar denúncia, governo vai adotar discurso conciliador

Tentativa é unir a base aliada, sem retaliações aos dissidentes
BRASÍLIA —  Denuncia barrada contra o presidente Michel Temer, o governo agora vai adotar um discurso conciliador para unir a base aliada, votar as reformas e "virar a página", sem retaliações aos aliados infiéis. Apesar do incômodo gerado por infidelidades detectadas, o discurso do presidente é de que é preciso reconstituir a base aliada para a concretização do carro-chefe da gestão: a reforma da Previdência.

Não há clima de retaliação no governo. Superada a votação, viramos a página — afirmou um assessor do governo.

O clima menos belicoso em relação aos infiéis é justamente por causa das reformas que Temer quer aprovar. O recado é direcionado principalmente ao PSDB, que votou rachado e ainda discute se continua ao lado de Temer. Apesar disso, os tucanos são o melhor exemplo de legenda que tem o compromisso de aprovar as reformas.
O presidente sabe que esse apoio será essencial para a sobrevivência de seu governo até 2018 e, por isso, não pretende, ao menos agora, fazer uma dança das cadeiras na Esplanada dos Ministérios.
Quem pode sair perdendo é o centrão, que se manteve ao lado de Temer em troca de emendas e cargos. Apesar do apetite do grupo por mais espaço, o governo diz que não deve ocorrer mudanças substanciais em ministérios, mas que isso será julgado caso a caso.

Fonte: G1

CEARÁ: Cabrito sem cabeça nasce em Iguatu

Em Iguatu, precisamente no Sítio Itans que fica localizado há três quilômetros da sede do município, nasceu um animal com uma anomalia, trata-se de um cabrito, sem cabeça e com várias deformações pelo corpo. Este animal nasceu sem cabeça, sem parte das duas patas dianteiras. O caso chamou a atenção de várias pessoas na localidade que enviaram imagens do cabrito para o Iguatu.net. As fotos desta reportagem são da internauta Renata Vieira.

A reportagem do programa A Voz do Centro Sul na Rádio Jornal 790 entrevistou o dono do animal, o senhor Erlândio Vieira que falou sobre a situação, ” eu percebi que tinha algo errado, quando na hora de puxar o cabrito, ao invés de aparecer a cabeça, veio as pernas, tomei um susto enorme”, disse o agricultor.
A entrevista na íntegra escute no programa as 08h desta quarta-feira,19.
Fonte: Iguatu.Net

BRASIL: Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel

Após duas quedas consecutivas, a Petrobras anunciou nesta quinta-feira (20)aumento de 2,2% no preços da gasolina e de 4,3% no preço do diesel. Os novos valores entram em vigor nesta sexta (21).
Os percentuais referem-se à alta no preço cobrado pela estatal às distribuidoras. A companhia estima que, nas bombas, a alta será de 1,2% (ou R$ 0,04 por litro) no caso da gasolina e de 2,9% (ou R$ 0,09 por litro) no caso do diesel.
Os preços, porém, são livres e o repasse dependerá de políticas comerciais de cada distribuidora e revendedor de combustíveis.
“A decisão é explicada principalmente pela elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais desde a última decisão de preço, que mais que compensou a valorização do real frente ao dólar, e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno”, disse a empresa em comunicado.
A política de preços de combustíveis estabelecida pela Petrobras em outubro de 2016 prevê revisões mensais de acordo com as condições do mercado internacional e da competitividade dos produtos da empresa no mercado brasileiro.Em 2017, a estatal havia promovido duas reduções nos preços, em janeiro e fevereiro. Em março, manteve os valores estáveis.
Com as quedas, o preço médio da gasolina no Brasil atingiu na última semana o menor valor desde setembro de 2016, de acordo com pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis): R$ 3,639 por litro.
Nos últimos meses, o preço da gasolina tem dado importante contribuição à queda da inflação no país. Em março, o produto caiu nas bombas 2,21%, segundo o IBGE. Em fevereiro, a queda foi de 0,25%. Com informações da Folhapress.

Desemprego bate novo recorde e já atinge mais de 13 milhões no Brasil

O desemprego no trimestre encerrado em fevereiro deste ano bateu novo recorde e chegou a 13,2%, informou o IBGE na manhã desta sexta-feira (31). Pela primeira vez, o número de desempregados ultrapassou os 13 milhões: ao todo, foram 13,5 milhões de pessoas procurando emprego no período. O número representa uma alta de 1,4 milhão com relação ao trimestre encerrado em novembro, quando a taxa de desemprego foi de 11,9%. Os dados constam da Pnad Contínua, a pesquisa oficial de emprego do instituto. O indicador abrange trimestres móveis.Nesta divulgação, o indicador refere-se a janeiro deste ano e aos meses de dezembro e novembro do ano passado. Em função dos trimestres móveis, o IBGE recomenda comparação de períodos em que não há sobreposição de meses. Neste caso, portanto, a comparação com o trimestre imediatamente anterior é feita com o período de setembro, outubro e novembro. O desemprego aumentou também na comparação anual do indicador. No trimestre encerrado em fevereiro de 2016, a taxa de desemprego esteve em 10,2%. Em um ano, o número de pessoas na fila do emprego aumentou 3,2 milhões. O rendimento trabalhador ficou estável, tanto na comparação com trimestre anterior quanto com o mesmo trimestre de 2016, em R$ 2.068.

Notícias ao Minuto

Brasil: Lula cita Jaques Wagner e Pimentel como alternativas para 2018

SALVADOR - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu nesta sexta-feira, 18, a possibilidade de ser impedido de disputar a eleição...